Skip to content

Dos sufocos de uma grávida: As roupas.

setembro 2, 2014

Eu tento segurar, economizar, improvisar, tudo pra não gastar com roupas, afinal, pretendo voltar ao corpo de antes (melhorado, claro) logo após o nascimento de Alice. Deixa eu sonhar, porque na realidade não ta tão fácil assim. Embora a barriga não esteja saindo pela boca, já da pra apoiar os braços e até o prato da janta, ou seja, cresceu. Daí vem os sufocos, os botões das camisas se abrindo, o short sobe direitinho, mas não fecha. Os camisões viraram cropped e todas as roupas encolheram de algum jeito, porque eu não cresci tanto assim, pra frente, pra cima, pros lados, eu acho mentira.

A outra saga é achar roupa, os vestidos ficam parecendo um cobertor de bojão de gás, as blusas ficam apertadas na barriga e folgadas no busto, a saia longa fica estilo pescador. Resumindo: Se vira e usa a criatividade, além de gastar um bom dinheiro que com certeza você não vai querer vesti-las depois.

Nessa semana começo minha saga, eu chego lá:

megadose

Anúncios
No comments yet

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: